Queridos amigos e amigas, fizemos esse blog no intuito de permitir a todos aqueles que o acessarem, que tenham uma mensagem de fé, esperança, sabedoria, discernimento e amor, que possa assim, levá-los a refletir sobre suas vidas e de suas famílias e dessa forma cresça em cada um, a esperança de mudança para uma vida melhor e mais feliz.
Pedimos a Deus, que através do Seu Divino Espírito Santo, ilumine a cada um de vocês e dessa forma cada mensagem aqui, se torne útil e eficaz.


Fiquem com Deus !

Do amigo,
José Vicente Ucha Campos

jvucampos@gmail.com

Vale ressaltar que as mensagens aqui postadas são de divulgação corrente na internet e que em sua grande maioria não consegui identificar seus autores.
Aos amigos(as) que quiserem colaborar conosco nos enviando mensagens para que possamos colocá-las no blog e assim permitir que todos possam partilhar desses momentos mágicos de reflexão, nós agradecemos.

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

A ÚLTIMA TAREFA

Um velho carpinteiro estava pronto para se aposentar.
Ele contou ao patrão sobre seus planos de deixar as atividades ligadas à construção de casas e aproveitar a vida ao lado da família.
Embora tivesse uma vida modesta, mas mesmo assim resolvera parar.
O patrão ficou bastante contrariado por estar perdendo um empregado exemplar, mas, aceitou o seu pedido. No entanto, como último favor pessoal, pediu o seu empenho na construção de apenas mais uma casa.
O velho carpinteiro concordou, mas seu coração não estaria presente naquele trabalho.
Ele trabalhou sem entusiasmo, meio relaxado e sem muita atenção, permitiu por negligência, que usassem inclusive materiais de má qualidade na obra.
Foi uma forma infeliz de terminar uma bela carreira.
Quando o carpinteiro concluiu seu trabalho, o patrão esteve no local para inspecionar a casa. Ele, então, passou a chave do imóvel para o carpinteiro e disse:
- "Esta casa é sua. É um presente meu para você, em agradecimento pela dedicação que tiveste nesses anos todos que trabalhaste comigo."
O carpinteiro ficou chocado. Não sabia o que dizer. Que vergonha!
Se ele soubesse que estava construindo a sua própria casa, faria tudo diferente...
.
Comentário:
Assim acontece conosco. Nós muitas vezes, construímos nossas vidas dia após dia, colocando menos do que poderíamos em nossas obras e temos que viver nessa "casa" que construímos.
Se possível, faríamos muitas coisas de forma diferente.
Nós somos os carpinteiros na construção de nossas vidas. A cada dia batemos um prego, ajeitamos uma tábua, erguemos uma parede. Por isso devemos fazer tudo com amor e dedicação como se estivésemos fazendo para o próprio Deus.
Nossas atitudes e escolhas de hoje, irão construir a "casa" em que viveremos amanhã.